PSP-NEWS - PS4, PS3, PS VITA e PSP
A gerência da PSP-NEWS agora tem um novo projeto, estamos dedicados a criar jogos para dispositivos móveis. Podem visitar a nossa página em http://www.foryouplay.com/ e transferir os nossos jogos.

Obrigado!

PT: Agora criamos jogos para dispositivos móveis, segue-nos em:
EN: We now create games for mobile, like us now:


Adere à nossa página do Facebook!




Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

Helix

avatar

Administrador

10
Crysis – Se Killzone 2 é o FPS com melhores gráficos para as consolas, então Crysis é sem dúvida o FPS com melhores gráficos para PC. Fundada por três irmãos turcos, Cevat, Avni e Faruk Yerli, a Crytek foi a companhia responsável pelo motor CryEngine, o motor que deu a vida a Far Cry e a Crysis, este último que pode ser considerado o jogo com o motor gráfico mais realista de sempre.







9
Killzone 2 – Se a Xbox tinha Halo, então a PlayStation 2 tinha Killzone, e mesmo antes do seu lançamento, muito do público expectante, aclamava-o prematuramente de ser um “Halo Killer”, um jogo que iria destronar o estatuto de Halo no panorama dos videojogos. Apesar de não o ter conseguido, Killzone teve uma recepção bastante positiva, e em 2009, surge um novo capítulo da saga Killzone, Killzone 2. Apesar de mais uma vez não ter conseguido superar o “hype” de Halo 3, Killzone 2 foi considerado como o FPS mais exuberante para a PlayStation 3, com uma apresentação muito elevada e uma jogabilidade bem consistente.





8
BioShock 2 – Se maior parte dos FPS decide apostar num enredo realista, ou em ficção de um futuro distante ou baseada no presente, BioShock decide fazer o oposto, criando um FPS com um enredo completamente inovador, na cidade subaquática de Rapture e em 1960. Em 2010, BioShock 2 viu a luz do dia, e transportou o jogador novamente para Rapture, onde assuntos inacabados vão ser agora resolvidos, neste jogo que continua exuberante e colorido como sempre.




7
Portal – Portal é muito mais um jogo de plataformas e puzzles do que propriamente um FPS, mas era de todo injusto excluir este grande título deste Top. Em Portal, vamos usar uma arma não para matar inimigos, mas sim para chegarmos ao fim de cada nível. A mecânica é simples, com a nossa arma de criar portais, um azul e outro laranja, vamos usá-la para conseguir resolver todo o género de enigmas que são impostos à nossa personagem.




6
Borderlands – Borderlands é sem dúvida uma das apostas mais inovadores desta geração, e resumindo muito rapidamente, imaginem uma mistura entre Call of Duty: Modern Warfare, com XIII, juntamente com uma mecânica RPG e num ambiente pós-apocalíptico. Pode parecer uma mistura que iria inevitavelmente ter um final desastroso, mas pelo contrário, a 2K Games conseguiu desta forma, abrir uma nova perspectiva para os FPS com esta fusão, sendo este um jogo de sucesso, e o director de Borderlands, Mike Neumann aponta para um novo capítulo dentro em breve.




5
Battlefield: Bad Company 2 – Battlefield: Bad Company 2 é sem dúvida um dos melhores jogos do género. A dice conseguiu melhorar o que já tinha feito anteriormente, conseguindo oferecer uma experiência única em jogos do género e uma componente multiplayer fortíssima. A condução de veículos terrestres, aéreos, a destruição total dos edifícios que nos rodeiam e as leis da física, inerentes nas armas usadas, oferecem um divertimento e uma componente estratégica militar que não se encontram em jogos Top Seller como Call of Duty: Modern Warfare 2.




4
Left 4 Dead 2 – Se eram daqueles jogadores que estavam fartos de ver zombies a dirigirem-se para vocês a uma velocidade semelhante a um caracol, e sempre iguais? Então de certeza que ficaram espantados com o Left 4 Dead da Valve. Lançado em 2008, Left 4 Dead acompanha quatro sobreviventes de uma pandemia de nome “Green Flu” nos arredores da Pennsylvania, pandemia esta que ao infectar seres humanos, desligava maior parte das funções cerebrais e aumentava significativamente a agressividade destes, ou seja, se virem um número enorme de zombies a correr desenfreadamente em vossa direcção, preparem as vossas armas. Em 2009, Left 4 Dead 2 foi lançado e aumentou significativamente o universo do jogo, com mais modos, armas e cenários.





3
Half-Life 2 – Lançado em 1998, Half-Life foi um dos FPS mais revolucionários de todos os tempos, conseguindo misturar um enredo de ficção-científica e um ambiente de horror nunca antes visto. A crítica chegou a aclamá-lo como o melhor FPS desde Doom, e como a Valve tinha criado uma fórmula de ouro com este título, em 2004 foi lançado Half-Life 2, um jogo que foi dividido em quatro partes, Half-Life 2, Half-Life 2: Episode One, Half-Life 2: Episode Two e Half-Life 2: Episode Three, contando a história desta aventura de Gordon Freeman, o protagonista desta série. Como era de esperar, Half-Life 2 conseguiu atingir mais uma vez um estatuto invejável no panorama dos videojogos.




2
Modern Warfare 2 – Não se esqueçam disto: O meio de entretenimento que mais vendeu nas primeiras 24h! Só por si, é um feito. Antes de Modern Warfare 2, Call of Duty 4: Modern Warfare apanhou o mundo de surpresa, sendo um dos poucos que conseguiu fazer frente a Halo 3 durante o seu auge, sendo um dos jogos mais jogados de sempre. A equipa da Infinity Ward tinha então um grande trabalho pela frente na criação do novo capítulo da saga Modern Warfare, e certamente não deixou de ouvir os fãs na criação de Modern Warfare 2.



1
Halo: Reach – Houve uma franchise que ao longo do tempo conseguiu ser o sinónimo das palavras “revolucionário”, “inovador” e “fantástico”, misturando a ficção científica com uma jogablidade incrivelmente viciante numa consola, de uma maneira nunca antes vista. Halo: Reach destaca-se dos demais da franchise por ser o mais completo, dando ao jogador a possibilidade de criar os seus próprios níveis com o modo Forge, lutar contra vagas e vagas de inimigos no modo Firefight, ou então mostrarem todo o vosso valor no modo Multiplayer. Sem dúvida que formas de divertimento em Halo: Reach não faltam. O que Goldeneye para Nintendo 64 criou, Halo sem dúvida aprimorou.

in mygames



Concordam com este top?




Vejam se o vosso está aqui e se merecia estar noutra posição


Ver perfil do usuário

xXSantyagoXx

avatar

USER ATIVO
EU acho que o battlefield devia estar á frente do call of duty. é só uma opinião. quanto aos outros nao comento porque nunca joguei.

Estou a pensar em arranjar o Halo mas tenho que ver mais no youtube para me decidir Razz

Ver perfil do usuário

Partilha!



Adere à nossa página do Facebook!


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum

 

| © 2007-2013 PSP-NEWS. Todos os direitos reservados |